29 - Esponja vegetal

Sim, é uma fruta. E se não, agora é neste universo.


 O diálogo foi mais ou menos assim:

-Adão, já p’ro banho.

-Não pai... não queeeeroooo!

-Vai p’ro banho JÁ, tô man-dan-do!

-Nãaaao, me deixa brincar mais um pouco

-Vou falar p’ra sua mãe!

-Quem?!

-Esquece...

Adão tinha 6 anos de idade e era filho de um pai solteiro. Deus, em sua inexperiência – a final, só tinha um filho – procurava novas formas de educar o rebelde sem causa.

-Eu faço mais uma fruta se você for pro banho!

-Uma doce?

-Hmmmm... uma supresa.

-Êêêêêê!!! 

E lá foi o Adãozinho correndo pelado pro chuveiro. Logo atrás ia Deus com a esponja, o sabão (de coco) e a toalha.


Não é fácil ser Deus.

6 comentários:

Mariana disse...

Adorei a volta!

Esponjas me fazem lembrar do tempo em que eu passava férias na chácara da minha tia. Acho que seu Deus passou por lá :)

Lá, perto da cerca, tinha um imenso 'pé de esponjas'. Sempre voltava pra casa cheia delas, e tinha esponja pra toda a família, pro resto do ano. Muito muito bom.

Sua volta tem cheiro de fazenda, de grama molhada, de sorrisos, de abraços, de brincadeiras e de noites deitada na rede contando as estrelhinhas no céu.

Hummingbird disse...

Fruta surrealista..

- A mocinha vai beber o quê?
- Tem suco?
- Temos de abacaxi, uva, melancia, maracujá e esponja vegetal.
- Hmmm, o de esponja, com água.
- Gelo e açúcar?

André disse...

Hmmm
vá tomar banho.

Bowie Macgowan disse...

Recado dado, visita cumprida.
MUITO bom te ter de volta por aqui, meu caro!
Espero que o lapso entre o último post tenha sido rico em idéias frugíveras!

Bá disse...

Pra mim....um dos melhores!!!!
adorei!!!
uhuhuh

Alucinógena disse...

Qualquer coisa pra fazer um guri tomar banho...